O método geralmente utilizado para regular a passagem de corrente necessária às diferentes aplicações eléctricas consiste em aumentar ao circuito, ou dele diminuir, um determinado valor de resistência. Se, conforme a lei de Ohm, I = E/R. a corrente I pode ser facilmente regulada aumentando-se ou diminuindo-se o valor de H, isto é, variando-se apenas a resistência do circuito, sem necessidade de se variar a f.e.m. A esta resistência ajustável, ou a qualquer aparelho destinado a modificar a resistência de qualquer circuito sem o abrir, dá-se o nome de reostato.

A corrente, pelo borne a, chega à alavanca ò provida no outro extremo de um contacto corrediço c. Quando c repousa sobre o terminal, o circuito se fecha sem que a corrente percorra nenhuma das resistências. Quando, porém, se move a alavanca b de modo que o seu contacto c fique sobre o terminal 2, a corrente é restrita a percorrer a primeira espiral do reostato. Se c estiver sobre 3, também a segunda espiral entra no circuito, e assim por diante, até que o contacto c atinja a última posição 7, caso em que a corrente é obrigada a percorrer a resistência total do reostato.

Please follow and like us: