A conhecida pilha seca não é mais do que a pilha Leclanchè cuja solução de sal amoníaco se tornou imobilizada por um processo qualquer. O zinco forma o recipiente cilíndrico que contém as demais substâncias constitutivas da pilha. O carvão, situado no centro do elemento, acha-se envolvido pelo dióxido de manganês, e este último é isolado do zinco por meio de papelão absorvente. Fecha-se a parte superior com lacre ou substância parecida. Um cilindro de papelão envolve a referida pilha a fim de evitar eventuais contatos.

Para imobilizar o líquido excitador há o seguinte processo, destacado dentre muitos: juntamente com o sal amoníaco dissolve-se a quente uma pasta de gelatina e cola de peixe. As pilhas secas são portáteis, resistem a qualquer trepidação e são muito empregadas em aparelhos telefônicos, campainhas elétricas, pequenas lâmpadas portáteis etc.

Please follow and like us: