A teoria molecular do magnetismo é apoiada ainda no seguinte fato: um ímã de aço pode imantar tantas barras quantas se queira, sem que ele sofra qualquer diminuição na força atrativa. O magnetismo destes novos ímãs tem origem no trabalho mecânico consumido na operação. Além disso, as banas, depois de magnetizadas, têm exatamente o mesmo peso que tinham antes.

Please follow and like us: