A lei de Lenz é enunciada concisamente dizendo-se: “A indução opõe-se ao movimento que a produz”.
Em virtude da ação eletromagnética sobre a corrente indutora (ou sobre o ímã), a direção da corrente induzida opõe-se ao movimento que causou a indução.

A lei de Lenz pode ser explicada mediante, nas quais o primário Pré um eletroímâ reto com a polaridade indicada no desenho. Ao mover-se tal eletroímã de modo a aproximá-lo da bobina secundária bs conforme indica a seta F (figura 107), a corrente induzida em bs circula em direção tal que forma polaridade N no extremo próximo a Pr. Haverá, portanto, repulsão entre Pr e bs, uma vez que
se enfrentam dois pólos do mesmo nome: tal repulsão procura opor-se ao movimento de aproximação de Pr.

Please follow and like us: