O galvanômetro vertical é bastante prático e de fácil manejo. Consiste ele em um solenóide E de algumas espiras, mais largo e chato do que comprido e cilíndrico. Alojada no interior do solenóide está uma pequena barra de aço imantada n-s suspensa pelo seu centro, à semelhança do travessão de balança. Solidário com a pequena barra encontra-se o ponteiro a, geralmente de alumínio, o qual, quando pelo solenóide não circula corrente, mantém a posição vertical de repouso, apontando o zero da escala C-C. Ao circular a corrente, a referida barra se desloca em torno do seu próprio eixo, arrastando consigo o ponteiro que percorre a escala. Se a corrente entra pelo borne A, o ponteiro se desvia, digamos, para a esquerda. Se a entrada se der pelo borne B, o desvio será então executado para a direita.

Please follow and like us: