Em outros tipos, o solenóide é a parte móvel do instrumento, sendo o imã a parte fixa. Representa esquematicamente um destes aparelhos, a que se dá o nome de galvanômetro de quadro móvel. Compõe-se ele de um imã de forma geométrica quase circular entre cujos pólos N S se encontra um pequeno solenóide (ou bobina) Q em forma de quadro,-composto de várias espiras de fio. Tal bobina pode deslocar-se em torno do eixo XX (o eixo real não foi desenhado). Na posição de repouso ela é mantida em equilíbrio por duas espirais metálicas E E que ao mesmo tempo servem de entrada e saída da corrente que circula pela bobina. Solidário com o eixo está o ponteiro a, geralmente de alumínio, o qual pode percorrer a escala C em ambos os sentidos. Quando a corrente percorre as espiras da bobina Q, o quadro móvel se desloca em torno do próprio eixo (para um ou outro lado, conforme a direcção da corrente), arrastando consigo o referido ponteiro.

Please follow and like us: