Imaginemos um condutor percorrido pela corrente elétrica fornecida, por exemplo, por bateria de pilhas ou acumuladores. Esse condutor, colocado dentro de um campo magnético, tende a mover-se em determinada direção e com certa força, dependendo isso da intensidade e direção da corrente elétrica, e da direção e intensidade das linhas de indução do campo magnético.
Na figura, as setas indicam a direção das linhas de indução magnética que actuam entre os pólos do ímã N S, e A representa a secção transversal de um fio condutor posto em ângulo reto com aquelas linhas.
Suponhamos que pelo fio não circula corrente: assim sendo, o campo magnético não sofre perturbação na sua uniformidade, e o condutor permanece imóvel.

Please follow and like us: