Dissolva uma solução de sulfato de cobre no tubo de vidro em forma de U da figura 27. Ao circular a corrente elétrica (utilizando-se os mesmos eletrodos de platina como no caso do parágrafo 8), as partículas de cobre metálico dissolvido se depositarão no cátodo cuja platina fica coberta por uma camada de cobre. O oxigénio é libertado no elétrodo positivo de platina (ânodo) onde se forma o ácido sulfúrico.

Se a ação continuar por mais tempo, todo o cobre dissolvido acaba por depositar-se no cátodo. O líquido, depois de perder todas as partículas de cobre, volta a ser ácido sulfúrico.

Please follow and like us: