Para carregar um capacitor é necessário pôr as suas armaduras em contato com os pólos de uma fonte de energia elétrica. No momento em que se fecha o interruptor / (figura 151), verifica-se, por intermédio do galvanômetro intercalado no circuito, que uma corrente elétrica atravessa o capacitor, carregando-o (corrente de carga do condensador). O fluxo da corrente será máximo no instante em que se aplica a força eletromotriz, porém logo a seguir diminui rapidamente de modo tal que em pequena fração de segundo a corrente cessará, deixando carregado o capacitor: a agulha do galvanômetro volta à posição de repouso. Depois disto, embora o referido capacitor continue ligado à bateria, a corrente não mais circulará, exatamente como se o circuito estivesse interrompido,(Note-se que, realmente, não há ligação metálica entre as duas armaduras.) Uma vez carregado o capacitor, ele atuará, por assim dizer, como se houvesse adquirido uma força contra-electromotriz que procurasse impedir a circulação da corrente, força essa igual mas de sentido contrário à da bateria.
Retirada que seja esta última, o capacitor continuará carregado. Para descarregá-lo será necessário ligar os seus terminais 1 e 2 mediante qualquer condutor.

Please follow and like us: